Programa do Sebrae/CE mostra que empreendedorismo se aprende na escola

07/11/2019 • Educação Empreendedora

Alunos do Ensino Fundamental de dez municípios do Ceará vão apresentar, no mês de novembro, o resultado do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos. Implementado no Ceará em parceria com as administrações municipais e escolas das redes pública e particular, o programa do Sebrae tem o objetivo de ampliar, promover e disseminar a educação empreendedora nas instituições de ensino de todas as regiões cearenses.

É um trabalho que utiliza a oferta de conteúdos de empreendedorismo, incluídos na grade curricular, com o propósito de consolidar a cultura empreendedora na educação formal. Para chegar a esse objetivo, o Programa trabalha soluções educacionais, a partir de professores capacitados e de alunos interessados no desenvolvimento de competências empreendedoras e a possibilidade de inserção sustentada no mundo do trabalho.

E é no final do ano que as escolas apresentam os resultados alcançados pelo programa de Educação Empreendedora, com a realização de feiras de empreendedorismo, onde os alunos mostram ideias e produtos desenvolvidos a partir do talento de cada equipe. 

Uma parte deste trabalho será apresentada durante o mês de novembro, com a realização de feiras em 10 municípios. O calendário de feiras do JEPP já começou no mês de outubro, com a realização de eventos em Aracati e em Fortaleza. Agora em novembro, serão realizadas feiras do JEPP em escolas dos municípios de Limoeiro do Norte (6/11), Itapajé (07), Irapuan Pinheiro (8), Fortaleza (9), Ipu (13), Catunda (14), Acopiara (19), Capistrano (21), Pacujá (21) e Cariré (23).

Ensino Fundamental

Tendo como público-alvo alunos de 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, o JEPP incentiva a quebra de paradigmas e o desenvolvimento de habilidades e comportamentos empreendedores desde o início da vida escolar.

A educação empreendedora proposta pelo Sebrae Ceará tem como foco levar os alunos a buscarem o autoconhecimento, novas aprendizagens e oportunidades, além do espírito de coletividade e também avaliarem as melhores possibilidades, tanto na vida pessoal como no mercado de trabalho.

O curso procura apresentar práticas de aprendizagem, considerando a autonomia do aluno para aprender e o desenvolvimento de atributos e atitudes necessárias para a gerência da própria vida (pessoal, profissional e social).

Essa visão vai ao encontro dos quatro pilares da educação propostos pela Unesco:

  • Aprender a conhecer, isto é, adquirir os instrumentos;
  • Aprender a fazer, para poder agir sobre o meio envolvente;
  • Aprender a viver juntos, a fim de participar e cooperar com os outros em todas as atividades humanas;
  • Aprender a ser via essencial que integra as três precedentes.

SGE

O calendário de feiras do JEPP de novembro também integra a programação da 12ª edição da Semana Global de Empreendedorismo (SGE), que acontece durante todo o mês em todos os estados do país. O evento é um movimento que inspira, conecta e capacita jovens e adultos que se interessem por empreendedorismo.

Criada em 2007, a SGE tem o objetivo de fortalecer e disseminar a cultura empreendedora. Em 11 anos, os 18 países fundadores da iniciativa, entre eles o Brasil, se multiplicaram para mais de 170. Em 2018, primeiro ano em que a SGE ficou sob a coordenação do Sebrae, foram realizados 8.296 eventos, em 1.161 cidades, com 670 instituições, alcançando mais de 1 milhão de participantes.